Meus queridos amigo seguidores

segunda-feira, 11 de abril de 2011

Jamais vai acabar.



Há dentro de mim um querer
Hoje meu olhar permanece triste
Relembrando a dor em te perder
Pois felicidade sem ti não existe


Disseste que queria viver na paz
Mais minha paz contigo levou
Não acredito que foste capaz
De deixar á saudade que ficou.


O pior é saber que ainda me ama
Que partiste querendo ficar
Sei que dentro de nós ainda a chama
Deste amor que jamais vai acabar.
Autora:




Nonagésimo oitavo poema.

12 comentários:

  1. Belo poema, Roseli. Transparece nas suas palavras a tristeza de perder um amor, a saudade que ficará. Finalizando com uma jura, uma promessa de amor... "Deste amor que jamais vai acabar".
    Abraços e Felicidades

    ResponderExcluir
  2. Nossa, ficou lindo parabéns poeta.

    ResponderExcluir
  3. Se um dia nos encontrar...
    Você indo e eu vindo.
    Podes estar certa.
    Que da escuridão não temerei.
    Pois a luz que emana dos seus olhos.
    Servirão como archote.
    A iluminar o caminho.
    Do qual eu pisarei,,,
    JC.

    ResponderExcluir
  4. Obrigado Ghost pela visita e permanênciae pelo comentário tão belo.

    beijos

    ResponderExcluir
  5. Boa noite! Obrigado Jorge pela visita pela trova tão bela que enfeitou meu blog

    beijos

    ResponderExcluir
  6. Pudesse ser eu o vento.
    Para o seu rosto acariciar.
    Esvoaçar seus cabelos.
    E os seus lábios de pertinho poder provar.
    Mas como não o sou.
    Só me resta.
    Guardar esses pensamentos.
    Em seu cantinho tão querido.
    Onde sei verá.
    JC.

    ResponderExcluir
  7. Do gostar ao se querer.
    Distância igual.
    Do amor a amizade.
    Que coração terá que percorrer.
    A mais se as portas estiverem trancadas.
    Reclama não.
    Foi apenas um ameaço.
    Uma vontade, um se querer.
    E nada como o tempo.
    Para o desembaraço.
    Mas se sofre.
    Deixando as seqüelas.
    Que se aproveita a saudade.
    Para nos dizer.
    _ Coitada de mim se só existisse o perdão.
    JC.

    ResponderExcluir
  8. Do jeito que ti gosto.
    Já virou um vicio.
    Que não sei aonde vai me levar.
    Só esta faltando você chegar e me dizer.
    - Toma jeito sujeito, respeito é bom e gosto.
    JC.

    ResponderExcluir
  9. Nossa você gostou do meu blog mesmo hein?

    Toma jeito Jorge rsrsr.

    Difícil pessoas que gostam de comentar poesia igual você,Meus Deus!

    ResponderExcluir
  10. Olá

    Obrigada pela visita ao meu cantinho.

    Mágoa e saudade do amor perdido, neste BELO poema.

    Parabéns!

    Bjs.

    ResponderExcluir
  11. Boa tarde!
    Agradeço e retribuo a sua gentil visita!
    Gostei muito do que encontrei por aqui e passarei a seguí-la.
    Beijo,
    Mara

    ResponderExcluir
  12. Obrigado pela sua visita...Não há que desanimar,
    pois há sempre alguém para amar.
    Vou seguir seu Blog
    Beijo

    ResponderExcluir