Meus queridos amigo seguidores

domingo, 31 de julho de 2011

*Amor saudade*


Talvez eu não seja nada
De tudo que eu quis ser
Seu amor sua amada
O motivo a razão de seu viver.

Mais o amor ainda permanece
Na saudade que lateja na alma
Momentos que não se esquece
Dor e vazio que me tira à calma.

Tentei tirar-te do coração
Fugindo deste sentimento
Impossível sem solução
Você vive no pensamento.

Viverei de sonho e esperança
De um dia poder te encontrar
Guardado ficará na lembrança
Amor que sempre vou recordar.

Autora:

Centésimo trigésimo segundo poema

4 comentários:

  1. Olá...
    Obrigada pela visita e palavras de carinho no meu blog. Volte sempre tá.

    Lindíssimo teu poema.
    Essencialmente amor... Ah o amor, nos prega tantas peças, mas o que seria de nós sem ele? rs
    Adorei viu, talvez por me identificar muito com ele no momento.
    Belo!

    Estou te seguindo pra voltar mais vezes.
    Uma linda semana de paz e alegrias.
    Bjosss!

    ResponderExcluir
  2. Meu nome é Adriana, sou poeta, escritora, e Gostaria de convidá-la a uma chance todo mês de ganhar livros; no més de agosto teremos oito livros sorteados entre os seguidores do meu blog, e em setembro, 9. Esta é uma iniciativa para incentivar os novos autores que são considerados anônimos pelas grandes editoras; para participar, siga o blog e deixe um comentário -"quero participar da promoção dos novos autores!"
    Um abraço e parabéns pelo texto e pelo blog!
    Adriana

    adrianavargas.ocadv@hotmail.com

    Obs: meus livros, sem frete, ficarei feliz se adquirir algum e prestigiar uma nova autora http://www.bookess.com/profile/adrianasph/books/

    ResponderExcluir
  3. Boa tarde
    Lindo seu poema!
    Tenha um lindo dia!
    Abraço fraterno
    maria Alice

    ResponderExcluir
  4. Olá minha querida
    adorei vir conhecer o seu espaço.
    Muito bonito!
    Um beijo,
    Vóny Ferreira

    ResponderExcluir